Poemas -> Tristeza : Abro os olhos...

Poemas -> Tristeza : Abro os olhos..

Powered by eSnips.com
Abro os olhos… Estou sozinho… É noite… A Lua alta no seu esplendor brilha como nunca antes, O vento moderado, trespassa pelas minhas roupas, Sinto um arrepio, Está frio…muito frio… Olho para baixo… As rochas grandes e pequenas, agrupadas… O mar em toda a sua extensão, As ondas desenvolvem, progridem, A cada onda que chega a terra, altera-a um pouco mais… Nem uma viva alma em redor, Nem um som de outro ser vivo, O único som que oiço é o do vento a soprar e o das ondas a bater nas encostas, A beleza deste cenário é espantosa… Fecho os olhos… Visualizo na minha mente este cenário, Não estou sozinho, Tenho-a a meu lado, abraçada a mim, Sinto o seu calor… É tão reconfortante… Olho para ela, para os seus olhos, olho-a na alma, Que ser mais perfeito… Agradeço ao poder superior a dadiva que me deu, Só ele sabe o quanto estimo tal ser… Aproximo os meus lábios aos dela… O beijo… O calor, a paixão, o amor, Tantos sentimentos num turbilhão de emoções tão difícil de descrever… Abro os olhos… Estou sozinho… Não passou tudo de uma fantasia de tempo idos, De tempos que insistentemente persistem na minha mente… Olho para baixo… As rochas, as ondas continuam na sua dança eterna, no seu vai e vem… Dou um pequeno passo… Estou a beira do precipício… Abro os braços como se fosse abraçar o céu… Fecho os olhos novamente… Agradeço tudo aquilo que fizeram por mim… Obrigado… Mais um pequeno passo, este sem retorno… Estou a cair… Abro os olhos… As rochas, as ondas cada vez mais perto… Uma sensação de liberdade invade-me a alma, A muito que não me sentia assim… A minha libertação… Já não falta muito… Está quase… O fim… Abro os olhos… Estou na minha cama… Não passou de um sonho, de um desejo inconsciente de libertação… Estarei assim tão deprimido? Questiono-me… A resposta não a sei…talvez não queira saber… Mais um dia para viver, ou melhor sobreviver, Pois viver é uma emoção que a muito não sinto… Digo para mim… É só mais um dia, é só mais um dia… Mas já são tantos que não suporto… Estou cansado… O meu corpo queixa-se, A minha mente resmunga, A minha alma suplica… O meu maior desejo é corresponder aos seus pedidos… Liberdade, paz de espírito… Mas não sou capaz… Amaldiçoo-o a minha fraqueza… Maldita sejas… Olho para o relógio, São 4h da manhã… Esboço um pequeno sorriso… Ainda tenho tempo de voltar para o meu pequeno mundo, Um mundo onde sou feliz, Um mundo onde sou capaz de fazer tudo… Fecho os olhos… Adormeço… E por mais uns momentos sou feliz…

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AS PESQUISAS REVELAN NOVOS HORIZONTES O QUE NÓS SABEMOS É VERDADE ABSOLUTA?

O melhor da música evangêlica.

Tumba do Rei Herodes é encontrada

TESTEMUNHO ANDRESSA DE JESUS

Eu poderia falar as línguas dos homens, e até a dos anjos, mas se não tivesse amor, as minhas palavras seriam como o barulho do gongo ou o som do sino. Poderia ter o dom de anunciar mensagens de Deus, ter todo o conhecimento, entender todos os segredos, e ter toda a fé necessária para tirar as montanhas dos seus lugares; mas se não tivesse amor, eu não seria nada. Poderia dar tudo o que tenho, e até entregar o meu corpo para ser queimado; mas se eu não tivesse amor, isso não me adiantaria nada. O amor é paciente e bondoso. O amor não é ciumento, nem orgulhoso, nem vaidoso. Não é grosseiro, nem egoísta. Não se irrita, nem fica magoado. O amor não se alegra com o mal dos outros, e sim com a verdade, O amor nunca desanima, mas suporta tudo com fé, esperança e paciência. O amor é eterno. Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor. Porém o maior destes é o amor. I Corintios 13

"VIRUS e DEFINIÇÕES"

Alerta e conhecimento "VIRUS e DEFINIÇÕES"

A Saga de Zaqueu

Ele desceu de tudo e de todos, Abandonou, traiu seus irmãos E brandeou pro inimigo. Resolveu sobreviver e enriquecer-se. Explorou o pobre, fez-se o maioral, Chefe de parias, o diabo de todos. E um dia, contra todas as vozes, Foi convidado para jantar. Cristo o chamou, E nunca mais foi o mesmo, Reconheceu sua desumanidade, Dividiu com os pobres, deu a metade E aos que explorou pagou quatro vezes mais Bendito seja o Cristo filho de Deus, Bendito seja o Cristo filho de Deus. Finalmente a luz brilhou, Finalmente a Lei ganhou vida E a vida ganhou razão. Bendito seja o Cristo filho de Deus, Bendito seja o Cristo filho de Deus. Que implanta justiça, restauração. E ao que volta ao pó concede libertação.

CALCULADORA

Devo esperar no senhor ?.

Os que esperam no senhor renovarão as suas forças

Saudação do Ev Romão em uma Igreja local -ouça:

O que é celibato?

A escolha do celibato religioso representa a troca de valores na vida, como deixar o casamento e as ambições pessoais pelos valores espirituais. Mas, para isso, precisamos entender o seu sentido e fundamento. Assim teremos condições de viver esta experiência sem conflitos e na presença de Deus.Nem sempre a palavra primícias esteve ligada ao celibato. Mas, pelos muitos exemplos da Bíblia, entendemos que a melhor forma de representar as primícias é abdicando aos desejos da carne para nos dedicarmos totalmente a Deus. Se o intuito do celibato é servir a Deus e viver na Verdade, esta é uma oferta especial e agradável ao Senhor.Mas este ato não deve ser forçado a ninguém, pois é um dom, uma vocação e uma opção de cada um. Todavia, aquele que for chamado por Deus e renunciar ao chamado, cometerá uma grande injustiça.O que Deus avalia em todos nós é o nosso coração e agradece a todos aqueles que se voltam a Ele com amor, fé e pureza. O chamado e a escolha dependem do propósito de servir a Deus e da capacidade moral e espiritual de cada um. Portanto, a entrega total aos preceitos de Deus é um compromisso de viver uma vida sagrada com Cristo, de oração e renúncia aos anseios carnais. Aqueles que se opõem ao celibato usam como argumento a ordem de multiplicação dada por Deus. Mas a verdade é que a propagação da raça humana foi determinada por Deus à família de Noé e, antes, a Adão e Eva, com o objetivo de atender a necessidade de povoar o mundo.Aqueles que forçam o casamento devem saber que muitas pessoas não foram feitas para este sacramento e que Deus chamou muitas delas para aproveitá-las em sua obra de forma muito especial, como celibatários ou primícias. Quando Jesus foi sacrificado na Cruz também se entregou a Deus, virando o verdadeiro e o maior exemplo de abnegação e amor.Há personagens bíblicos, como o apóstolo Paulo e João Batista, que dedicaram suas vidas para servirem a Deus. Ignoraram os aguilhões da carne para se santificarem a Deus sem restrição. E depois de tantas perseguições e discriminações, foram tidas em grande honra, pois seguiram o exemplo de Jesus Cristo.Qualquer pessoa livre (viúva ou solteira) que seja crente convertida, lavada e remida no sangue de Jesus, poderá abraçar o celibato como forma de adoração a Deus e servi-lo como primícias, desde que tenha postura varonil e sinta a capacidade de dar continuidade a sua descendência. Do contrário, não há sacrifício a ser feito. Esta pessoa deve preferir abster-se voluntariamente que se dividir entre Deus e um cônjuge. Entregar-se totalmente, de corpo e alma, ao Senhor Jesus de modo solene e declarado.A nós, compete a missão de anunciar as primícias do Senhor e até mesmo persuadir de boa fé aqueles que estão aptos, mas que ainda não foram despertados para o glorioso chamado. Isso pode ser feito por meio de constantes pregações e insistentes esclarecimentos deste santo ministério.Enquanto aguardamos a vinda do Senhor, precisamos entender que enfrentamos perigos e ameaças. Independente de qual seja o nosso estado, vêem tentações com o propósito de nos afastar, não só do Caminho da Salvação, como também da nossa missão e do nosso chamado. Não podemos ficar inertes diante de tão lindo chamado, havendo condição de abraçá-lo. Se quisermos avançar para o prêmio que nos espera, precisamos esquecer as coisas que ficaram para trás e assumir a responsabilidade para com a nossa vocação.

Resumindo: vale apena para quem se dedicar
Nossa rádio ouça "aqui"